COOKIES
Utilizamos apenas os cookies essenciais para o funcionamento do nosso site. Ao continuar navegando você está ciente desta condição.
OK
Afonso Camargo Fona
Parauapebas – Pará
Título: Gavião
Técnica: mista sobre MDF
Ano: 2020
Dimensões: 1,83 x 0,90 x 0,015mm

Nascido em Santarém (PA), onde viveu até o início da adolescência, aprendeu com o pai e os tios a pintar as tradicionais cuias e a restaurar obras sacras. Já em Manaus, trabalhou como aderecista em agremiações carnavalescas – o que o levou a também atuar nos “bois” Caprichoso e Garantido no Festival de Parintins, o qual, por volta de 1985, começava a se profissionalizar e ganhar os moldes do que se tornou hoje. Ainda na capital amazonense, trabalhou por muitos anos como restaurador no monumental Teatro Amazonas.

Há cerca de trinta anos, mora em Parauapebas e vive de sua arte, mantendo seu ateliê de criação e o engajamento em projetos educativos. Também se interessa pela pesquisa e por experimentos com pigmentos naturais oriundos do ferro, do manganês e de outros minérios abundantes na região. Agraciado como Mestre da Cultura Popular pela Fundação de Cultura do Pará, Afonso Camargo Fona já participou de diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. O painel Gavião, produzido ao longo do Projeto Arte em Cores, faz uma homenagem ao povo Gavião, de origem xikrin, e ao mito indígena relacionado à ave de rapina.

Voltar

Rua das Esmeraldas, 141
Jardim das Palmeiras
Canaã dos Carajás/PA

 

Funcionamento

Espaço aberto à visitação de segunda a sábado, das 8h às 19h. Acompanhe, também, nossa programação on-line.

 

× Como posso te ajudar?